ÁFRICA DO SUL

CAPE TOWN
ALEMANHA

BERLIM
EMIRADOS ÁRABES

DUBAI
MALTA

MALTA
INTERCÂMBIO

ENSINO SUPERIOR

© Copyright 2020 – Vital Intercâmbios – Todos os direitos reservados

Compre pelo telefone (11) 97391 9322
ESCRITÓRIOS
DICAS & NOVIDADES

BLOG VITAL

Estudo com permissão de trabalho na Espanha

Estudo e Trabalho / Por Sergio Hugolini

Publicado em 2 de Julho de 2020

Tags: Espanha Estudantes Estudo Intercâmbio Trabalho

A Espanha é um dos países queridinhos dos estudantes brasileiros, e do mundo todo, por vários motivos. O país europeu oferece clima agradável, gastronomia incrível, vida social e vibrante além do clima. Então, vamos falar aqui sobre estudo com permissão de trabalho na Espanha.

Para o estudante que ficar mais de 6 meses no país, o intercâmbio na Espanha pode valer a pena. É possível combinar os estudos de espanhol com um trabalho de meio período (part time 20 hrs por semana). Desta forma, essa experiência durante o intercâmbio será excelente para a imersão ser completa e a prática do idioma ainda mais intensa.



COMO É ESTUDAR ESPANHOL NA ESPANHA?


O espanhol é o segundo idioma mais falado no mundo e falar “portunhol” nos dias de hoje não está com nada. Assim, aprender o espanhol correto, principalmente a forma gramatical é e será um diferencial no seu currículo. Ou seja, para trabalhar no Brasil ou em outros países pelo mundo será mais fácil conseguir uma boa colocação.



O QUE PRECISO PARA ESTUDAR E TRABALHAR NA ESPANHA


Primeiramente, fazer um intercâmbio comum já exige alguns procedimentos e documentação. Mas, quando o estudo for conciliado com o trabalho, pode haver mais exigências.

Para o estudante brasileiro poder estudar e trabalhar na Espanha, é preciso:

– Ter mínimo de 18 anos;
– Se matricular em um curso reconhecido na Espanha com duração mínima de 6 meses;
– O curso a ser estudado na Espanha pode ser de Espanhol, Faculdade ou MBA e deve ter carga horária mínima de 20 aulas semanais;
– O candidato precisa solicitar o Visto de Estudante Espanhol no Brasil através do Consulado da Espanha. Tendo o visto aprovado, o brasileiro entra da Espanha com o visto de estudante. E uma vez que o mesmo finalizar o processo do visto após chegar, poderá buscar uma oferta de emprego e aplicar para a permissão de trabalho.

É importante entender que somente o visto de estudante espanhol não oferece ainda a permissão para trabalhar legalmente. O aluno após ingressar na Espanha com o visto de estudante, deve solicitar a permissão de trabalho.



COMO É SOLICITADO A PERMISSÃO DE TRABALHO NA ESPANHA


Á princípio, o estudante brasileiro com o visto de estudante espanhol já na Espanha, deverá seguir os passos para ter permissão de trabalho:

1- OBTER O EMPADRONAMIENTO

O empadronamiento na Espanha é um registro de domicílio e deve ser solicitado dentro de 30 dias da chegada no país. O pedido é feito na cidade onde o aluno estiver morando na Espanha.

Desta forma, para se ‘empadronar’ o aluno precisa de um contrato de aluguel ou um comprovante de residência para o período do seu visto.

Por isso, o aluno pode contratar a acomodação juntamente com o pacote do intercâmbio, ou ainda organizar a hospedagem por conta própria, se tiver conhecidos na Espanha, de preferênci

2- OBTER O NIE – NÚMERO DE IDENTIDAD DE EXTRANJERO

O NIE é um documento como se fosse um CPF, ou seja, um documento de identificação. De fato, este documento comprova que o estudante está vivendo de maneira legal na Espanha. O pedido do NIE espanhol deve ser agendado previamente pela internet.

Assim, no dia e horário pré agendados, será preciso levar documentos como: passaporte, fotos, formulário de aplicação, comprovação dos estudos na Espanha, empadronamiento, seguro viagem e pagamento de taxa de 20 euros (sujeito a alteração).

3- ABRIR CONTA BANCÁRIA NA ESPANHA

Com o NIE em mãos, o estudante deve abrir uma conta em um banco espanhol e já pode começar a procurar trabalho.

Mas, para abrir uma conta bancária na Espanha, o estudante precisa ter o empadronamiento e o NIE, além do comprovante de estudos na cidade que estiver morando.

4- ENCONTRAR UM TRABALHO E SOLICITAR O CARTÃO DE SEGURIDAD SOCIAL

Ao conseguir um emprego, o estudante recebe do empregador uma oferta de trabalho, ou seja, uma job offer. Com isso, deve-se solicitar o cartão de Seguridad Social, que é um tipo de CPF no Brasil, utilizado para pagar os impostos.

Com o número de segurança social, a empresa pode fechar o contrato oficialmente com o estudante e o mesmo começar a trabalhar legalmente.



COMO FUNCIONA A PERMISSÃO DE TRABALHO NA ESPANHA


O visto de estudante não acompanha a permissão para trabalhar legalmente na Espanha.

Sendo assim é importante ressaltar que a permissão de trabalho na Espanha não é automática. O estudante não terá um visto de trabalho no ato da chegada. Desta forma, o visto de estudante espanhol oferece a possibilidade de se obter o TIE e iniciar a busca por uma trabalho após receber a oferta do empregador com essa carta é possível solicitar o número de segurança social, dando assim direito ao aluno de trabalhar legalmente no país.

Porém, todo esse processo descrito, pode levar cerca de 3 a 5 meses para ser concluído. Isso depende da cidade da Espanha e da eficiência dos órgãos locais. A Espanha ainda realiza muito de seus processos através de formulários de papel, com agendamentos por telefone ou internet e muitas vezes são atendimentos demorados. Sendo assim, é preciso viajar preparado para enfrentar a jornada burocrática do visto.



QUAIS OS TIPOS DE TRABALHO DISPONÍVEL NA ESPANHA?


Há várias possibilidades de trabalho na Espanha, em áreas diferentes, onde em geral o estudante brasileiro trabalha com atendimento ao cliente, restaurantes, hotéis, hostel, bares, lojas e cafeterias.

A média salarial na Espanha fica entre €600 euros mês. Deste modo, trabalhando as 20 horas semanais permitidas, é possível ter uma boa ajuda no custo de vida Afinal, na Espanha o custo de vida é relativamente baixo comparado com os outros países na Europa.

Portanto, estudantes que desejarem se candidatar para as vagas de emprego em grandes empresas multinacionais da Espanha podem se preparar! E, são muito bem vindos, principalmente estudantes brasileiros com experiência profissional e nível de inglês avançado.


COMENTÁRIOS

User avatar

CERTIFICAÇÕES VITAL