ÁFRICA DO SUL

CAPE TOWN
ALEMANHA

BERLIM
EMIRADOS ÁRABES

DUBAI
MALTA

MALTA
INTERCÂMBIO

ENSINO SUPERIOR

© Copyright 2020 – Vital Intercâmbios – Todos os direitos reservados

Compre pelo telefone (11) 97391 9322
ESCRITÓRIOS
DICAS & NOVIDADES

BLOG VITAL

INTERCÂMBIO NA AUSTRÁLIA E NOVA ZELÂNDIA EM 2021

Estudo e Trabalho / Por Cacá Marrafon

Publicado em 4 de Fevereiro de 2021

Se você faz parte dos estudantes já estavam ali com as malas prontas e contando os dias para seguir para a Oceania, mas foi impedido de seguir o sonho de intercâmbio por causa dessa pandemia que tomou conta do planeta nesse último, trazemos algumas notícias pra você.


AUSTRÁLIA NÃO ABRIRÁ AS FRONTEIRAS EM 2021


Mesmo com a boa notícia sobre a aprovação de várias vacinas, a Austrália vai manter as fronteiras fechadas nesse ano, conforme o secretário de Saúde do país, Brendan Murphy informou. Isso porque mesmo a população australiana se vacinando, o Governo quer ter a certeza de que a imunização conseguirá frear o vírus para só então liberar a abertura das fronteiras.

Atualmente somente cidadãos australianos e diplomatas têm direito a entrar no país e devem obrigatoriamente cumprir a quarentena de 14 dias assim que chegam. Apesar disso, o Australian Open acontecerá esse ano, mas todos os tenistas e suas equipes também permanecerão em quarentena, podendo treinar apenas com supervisão.

Por enquanto as datas de abertura de fronteiras ainda são especulações. A vacinação dos 25 milhões de australianos deve acontecer apenas em meados de fevereiro mas, por conta da nova cepa britânica do vírus ter sido identificada no país, as restrições como quarentena e lockdowns continuam altas então o jeito é aguardar pelos próximos capítulos.


NOVA ZELÂNDIA CRIA PROJETO PARA PERMITIR QUE 1000 ESTUDANTES INTERNACIONAIS POSSAM ENTRAR NOVAMENTE NO PAÍS


Agora pra você que estava estudando na Nova Zelândia, teve o seu visto renovado mas teve que sair do país e estava só esperando as fronteiras abrirem para embarcar, trago boas notícias!

A Nova Zelândia anunciou que reabrirá a fronteira para 1000 estudantes que acabaram sendo impedidos de entrar no país mesmo já tendo obtido o visto. O processo irá começar em abril com 300 estudantes e se estenderá durante o ano.

A princípio, para ser aceito você precisa ter um visto aprovado para estudar 2020, ano passado, ter estudado previamente um curso superior no país e provar que necessita estar na Nova Zelândia para concluir. Prioridade será de quem esta próximo da graduação.

Para a permissão no país, além disso, será necessário reservar a acomodação para a quarentena e arcar com os custos.

Apesar de somente estudantes universitários que já estudavam no país serem contemplados no início desse plano, já é possível ver uma luz no fim do túnel para outros estudantes internacionais. Com a chegada da vacina e com a reabertura gradual funcionando, logo outros estudantes internacionais serão permitidos a entrar no país também.


COMENTÁRIOS

User avatar

CERTIFICAÇÕES VITAL