ÁFRICA DO SUL

CAPE TOWN
ALEMANHA

BERLIM
EMIRADOS ÁRABES

DUBAI
MALTA

MALTA
INTERCÂMBIO

ENSINO SUPERIOR

© Copyright 2020 – Vital Intercâmbios – Todos os direitos reservados

Compre pelo telefone (11) 3192-8929
ESCRITÓRIOS
DICAS & NOVIDADES

BLOG VITAL

Salário mínimo na Nova Zelândia

Vida no Intercâmbio / Por Jana Santos

Publicado em 29 de Junho de 2021

A Nova Zelândia tem atraído cada vez mais a atenção dos estudantes brasileiros que buscam um destino para aprender um novo idioma ou se aperfeiçoar no inglês.

Intercambistas que estejam matriculados em um curso de inglês acima de 14 semanas com carga horária mínima de 20 horas por semana são elegíveis à permissão de trabalho part-time no país.

O salário mínimo da Nova Zelândia está entre os mais altos do mundo, o valor em 2021 subiu para NZD 20,00 por hora, esse reajuste é uma maneira do governo garantir que as pessoas que possuem trabalhos mais simples consigam pagar aluguel, se alimentar bem, comprar um carro se desejarem, ter vida social, ou seja, possuir uma boa qualidade de vida.

Os estudantes que trabalham 20 horas semanais, carga horária permitida no visto, conseguem se manter em um estilo de vida econômico. Caso o emprego seja em restaurantes e cafés, por exemplo, é possível turbinar o salário com as gorjetas.

Vale ressaltar que este é o valor hora mínimo praticado, muito comum na área de hospitality, mas é possível encontrar valores mais altos, especialmente se trabalhar em escritório, limpeza e obra, em que é normal pagarem a partir de NZD 28,00 podendo chegar até NZD 40,00 a hora.

O custo de vida na Nova Zelândia é alto, principalmente por conta dos impostos, quanto mais você ganha, mais impostos você paga. A vantagem, porém, está em morar em um dos países menos corruptos do mundo e se beneficiar com o quanto as taxas são revertidas para o bem da população, inclusive, com auxílio para os mais necessitados.

A verdade é que o poder de compra na Nova Zelândia para quem ganha o mínimo hora é muito maior se compararmos a vida no Brasil recebendo o salário mínimo que hoje é de
R$ 1.100,00 e que infelizmente não é o suficiente para manter-se com qualidade de vida.

Na terra dos kiwis também é possível escolher a cidade de acordo com o custo de vida, isso porque existem cidades mais baratas que outras. Morar na capital do país, Wellington, vai custar menos do que viver na maior cidade da Nova Zelândia, que é Auckland, por isso, converse com o seu consultor para que juntos possam encontrar a cidade que atende melhor ao seu perfil e objetivos futuros.


INTERESSES

COMENTÁRIOS

User avatar

CERTIFICAÇÕES VITAL